Sobre

JUS-JITSU

O que é o JUS- JITSU?

Um método de estudo que auxilia o estudante a se manter mentalmente forte para a jornada de estudos e tecnicamente preparado para encarar a seleção pública.

Verificamos durante a nossa experiência de concurseiros, que o estudo prolongado, acrescido à cobrança da aprovação e aos momentos de grande frustração, geram no estudante sintomas de ansiedade, estresse, cansaço, entre outros. Percebemos ao longo dos anos que o maior desafio do concurseiro não era aprender uma técnica de estudo eficaz (memorização, mapas mentais, resumo, horário de estudo, etc), mas aprender a se manter MENTALMENTE FORTE para a jornada de estudos.

O Atleta de alto nível também possui essa característica para conseguir alcançar grandes feitos. Não basta o preparo técnico e físico do atleta, ele precisa estar com preparo psicológico e mental em dia para ser um vencedor.

Com base nisso, aplicamos analogicamente vários métodos e técnicas utilizadas nas diversas modalidades esportivas – que auxiliam o atleta a se manter mentalmente forte – e os adaptamos à realidade do estudante de alto nível: o concurseiro.

O método JUS-JITSU

O nome JUS-JITSU surgiu da modificação pontual da arte marcial denominada de Jiu-Jitsu, com a alteração para o termo “jus”, que em latim significa “Direito”.

Outra semelhança com a referida arte marcial decorre do formato da técnica que ora se propõe, qual seja: a divisão dos concurseiros em faixas (branca, azul, roxa, marron, preta e vermelha). O estudante iniciante será classificado na faixa branca.

Em seguida, de acordo com a quantidade de pontos de estudos  todo o estudo do dia é contabilizado em pontos - os alunos entrarão na faixa azul, roxa, marrom e preta. Cada faixa é dividida em 10 graus

Na arte marcial Jiu-Jitsu, cada faixa é dividida em 4 graus, salvo a preta. Nesse ponto, a técnica do JUS-JITSU incluiu 10 graus em cada faixa para permitir maior número de fase até a alteração de uma faixa para a outra.

A troca de faixas é uma técnica que, dentre as demais formas usadas pelo JUS-JITSU para manter o aluno motivado, a pressão e a ansiedade normalmente verificada quando se busca para o de , como ocorre na arte marcial proposta.

O Professor

No JUS-JITSU há uma figura importante para auxiliar o atleta-concurseiro: o professor.

O professor é um concurseiro graduado, geralmente faixa-preta, que terá a missão de guiar os encontros do grupo, cobrar a pontuação semanal de cada atleta, autorizar a troca de faixas e, de forma geral, terá a missão de conduzir os campeonatos' e demais atividades do grupo.

Além do acompanhamento individual, o professor é responsável por organizar as reuniões em grupo, que devem ocorrer uma vez por semana. Nelas serão promovidos campeonatos individuais ou em grupo, permitindo-se a troca de experiências, registrará a mudança de faixa de algum integrante, bem como o desempenho de seus alunos nas provas realizadas, entre outros.

Todos irão chegar

O JUS-JITSU parte da premissa de que todas as pessoas são capazes de conseguirem passar em um concurso público. Não há segredo. Não precisa ser gênio. Não precisa ter 8 horas diárias de estudo para passar. Isso é mito. Qualquer pessoa é capaz de passar.

No JUS-JITSU há uma frase dita pelo professor aos seus atletas-concurseiros antes da realização de uma prova importante. Referida frase diz respeito a essa sensação de fracasso, que geralmente acompanha o estudante após a correção do gabarito. O professor diz: “Faça boa prova e saia dela de cabeça erguida!”.

Sabe-se que a única forma do concurseiro manter a cabeça erguida é dar o melhor de si no treino diário de seus estudos. Ele deve fazer tudo o que puder fazer. Quando o estudante percebe que fez todo o esforço possível – tudo o que se podia fazer – o resultado jamais fará dele um perdedor!

É um erro achar que nunca haverá derrota. A frustração faz parte do caminho que se escolheu. Esteja preparado pra ela.

Assim, um dos mandamentos do JUS-JITSU – talvez o mais importante deles, pois resume tudo - exemplifica de forma simples e direta a sensação de ser reprovado: TEM QUE AGUENTAR MUITO MURRO E CHUTE NA CARA! Essa é a ideia. Tem que estar preparado para perder, para reprovar, para fazer pontuação aquém do esperado!


Bacharel em Direito – UEPB – Universidade Estadual da Paraíba
Especialista em Direito Penal e Processual Penal pela Universidade Cândido Mendes – UCAM
Professor de Jus-Jitsu
Defensor Público do Distrito Federal

Sérgio Roberto da Silva

Faixa vermelha de Jus-Jitsu (criador)


Bacharel em Direito pela Universidade Católica de Brasília - UCB

João Ismar da Silva

Faixa marrom de Jus-Jitsu


Bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Brasília - UNICEUB

Priscilla Baptista

Faixa marrom de Jus-Jitsu

 

  61 98263-9667    jus.jitsu.team@gmail.com